ESPECIALIZADO EM DIREITO TRABALHISTA BANCÁRIO.
DÚVIDAS FREQUENTES2019-04-12T17:35:35-03:00

Dúvidas Frequentes

Se eu entrar com uma ação, é verdade que nunca mais arrumarei emprego em outro banco?2016-09-23T16:00:33-03:00

A ação trabalhista é um direito constitucionalmente garantido. Preocupado com a formação de listas negras, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª região não permite a busca no site pelo CPF do autor (reclamante).

Preciso pagar algum valor pela consulta com o advogado?2019-04-12T17:35:40-03:00

O escritório oferece uma entrevista com o cliente, pessoalmente ou por telefone de forma gratuita (para reclamantes), bem como a referida consulta não vincula a pessoa ao advogado, sendo que caso o cliente não tenha interesse em promover a ação após a consulta , não esta obrigado a fechar o contrato.

Preciso pagar algum valor para entrar com ação trabalhista?2016-11-22T11:17:34-03:00

Você somente pagará honorários advocatícios se lograrmos êxito em sua ação, sendo que tais valores serão pagos somente ao final do processo.

Como sei o quanto vale o meu processo?2016-09-23T16:01:37-03:00

O valor do processo depende dos pedidos que são pleiteados e, por isso, é necessário uma entrevista com o advogado, para que ele possa informar os seus direitos e os valores que faz jus a receber.

No caso dos Bancários quais são os pedidos mais comuns?2016-09-23T16:08:11-03:00

É necessário pontuar que a legislação bancária/financiaria é muito específica e por isso você deve estar sempre acompanhado por um advogado especializado na área, aumentando a possibilidade de êxito.

Os pedidos mais comuns são as horas extras, especialmente a 7° e 8° horas. Todavia, em algumas empresas a extrapolação da jornada além da 8ª hora diária é rotineira. Existem pedidos de grande impacto no valor da ação, tais como equiparação salarial, intervalo de almoço não respeitado, gozo irregular das férias, etc.